NOTÍCIAS

Clique aqui e envie esta notícia a um amigo.

Práticas sustentáveis estimuladas pela Brasil Assistência

Práticas sustentáveis estimuladas pela Brasil Assistência

Seguindo seus princípios de sustentabilidade e produtos inovadores, com foco na preservação do meio ambiente, a Brasil Assistência lança o produto Práticas Sustentáveis, que contempla serviços de Consultoria e Descarte de Móveis e equipamentos (eletrodomésticos e eletroeletrônicos).

O produto Práticas Sustentáveis é dirigido a diversos segmentos, dentre eles bancos, seguradoras, financeiras, empresas de cartões de crédito, hipermercados de construção e uma infinidade de cartões afinity que podem oferecer esse benefício juntamente aos seus produtos, de forma gratuita ao segurado, agregando não somente o serviço, como, também, reputação à marca – que estará relacionada ao conceito sustentabilidade, tema cada vez mais relevante no dia a dia do consumidor brasileiro.

O produto oferece coleta e reciclagem, prevenção de passivo ambiental e geração de resíduos, além de garantir a excelência no processo de Manufatura Reversa e Reciclagem a partir de uma empresa especializada, que oferece, ainda, um certificado, o qual atesta o descarte correto do material.

Oferecer esse tipo de produto demonstra que a empresa se importa com as causas ambientais e sociais. “Contribuímos com a conscientização sobre o descarte correto de produtos fora de uso no meio ambiente, os danos que isso traz à natureza e, consequentemente, ao homem”, explica Patricia Ferreira, coordenadora da Área de Produtos.

Esse produto, quando incluso no cartão de crédito ou mesmo em outro seguro, permite ao cliente utilizar a assistência para retirar e descartar móveis e equipamentos que não são mais utilizados.

Todo o descarte segue as mais rigorosas normas de sustentabilidade, sendo os utensílios separados por tipo de material principal que o constituem. Após a primeira separação, é verificada a condição de uso para uma possível doação a entidades assistenciais previamente cadastradas e aprovadas pela contratante. Os utensílios que não puderem ser reutilizados são devidamente desmontados e seus componentes separados por tipo e categoria.  Retornam à cadeia produtiva, depois, como matéria-prima ou subproduto. Os itens que não tiverem essa possibilidade são enviados a aterros sanitários controlados.

Todo o processo pode ser rastreado pela contratante e atestado por documentação pertinente.