NOTÍCIAS

Clique aqui e envie esta notícia a um amigo.

Evolução no desempenho 2012 da Brasil Assistência

Evolução no desempenho 2012 da Brasil Assistência

Frutos de 2012 começam a ser colhidos em 2013

A Área de Operações da Brasil Assistência tem, entre seus pilares, inovação constante, novos produtos e melhora na qualidade. Por motivos como estes é que apresentou, nos últimos dois anos, avanços significativos a partir de novidades em mecanismos, ferramentas e oferta de oportunidades aos clientes, as quais, anteriormente, eram pequenas. “Estamos investindo muito mais no atendimento e não só na oferta dos produtos de Assistência 24h. Em 2012, expandimos nossos horizontes e enxergamos oportunidades com base nas necessidades do mercado”, comenta Rinaldo Pimentel, gerente de Atendimento da Brasil Assistência.

A diferença entre 2011 e 2012

Segundo Rinaldo Pimentel, um dos diferenciais da empresa é a estratégia na forma de apresentação ao mercado de seu amplo portfólio de produtos e de soluções, mostrando aos clientes corporativos as várias oportunidades de incrementar negócios, fidelizar clientes, ampliar mix de produtos e, por fim, realizar o que é classificado como um trabalho consultivo, e não reativo.

Por isso, no ano passado, a empresa buscou novas parcerias com seguradoras, além de estender seus serviços residenciais, pessoais e sua Solução Gestão e Regulação de sinistros, aliados ao serviço de consultoria. “O cliente nos pede um produto residencial que contemple encanador e chaveiro, mas será que é só isso mesmo que ele realmente precisa? É necessário analisar, em detalhes, suas carências e propor soluções amplas, novas coberturas e benefícios que poderão ir além de sua expectativa e agregar muito à sua ideia inicial”, explica Rinaldo.

Nesse tempo é possível sentir uma rápida mudança. “O próprio cliente final acaba elogiando nossos produtos, frisando as diferenças entre as nossas coberturas e as da concorrência”, diz Rinaldo. “A partir de agora, trabalharemos fortemente na pesquisa de satisfação e na auditoria de processos, visando uma melhoria constante”, acrescenta.

 

Operação no Uruguai

Poucos sabem, mas a Brasil Assistência possui um diferencial de atendimento interessantíssimo: uma equipe de Call Center e uma de Assistência 24h no Uruguai. Essa disponibilidade traz benefícios que podem ser explicados em números. Há mais de quatro anos operando em Montevidéu, em 2012 o atendimento se intensificou. Hoje, são, aproximadamente, 25 atendentes, um supervisor e um coordenador na equipe de atendimento. Já na área de Assistência são 10 atendentes, um supervisor e o coordenador compartilhado.  “Inúmeras são as vantagens de contar com essas equipes do Uruguai. As principais são, sem dúvida, ter essa contingência, fazendo com que alcancemos nossa totalidade de atendimento a partir da qualidade dos profissionais que estão no outro país e que, em sua maioria, são estudantes brasileiros de nível universitário”, explica Rinaldo Pimentel.

É quase impossível diferenciar o atendimento realizado no Brasil e o desempenhado no Uruguai, pois os atendentes alocados no outro país falam fluentemente o português, além de terem o mesmo preparo da equipe localizada em território brasileiro. Portanto, a operação é sempre transparente para o usuário final.

Treinamentos

Os treinamentos são outro diferencial na área de operações da Brasil Assistência. Em 2012, aliás, tornaram-se ainda mais qualitativos. Isso porque todos são capacitados para analistas de treinamento por segmento e produtos, ou seja, existem especialistas em Auto, Residencial e Aviso de Sinistro, entre outros. O treinamento é feito por um longo período, abrangendo a parte teórica dos produtos e a prática do atendimento, com simulações diversas e supervisionadas. “Quando os colaboradores iniciam suas atividades no atendimento, já têm a plena noção de tudo o que pode ocorrer e como se portar diante de diferentes situações”, conta Rinaldo.

O ano passado trouxe intensas modificações para a área de operações, dando à Brasil Assistência uma competitividade ainda maior perante o mercado. Agora, é aguardar que 2013 confirme, principalmente aos nossos clientes, as boas perspectivas iniciadas em 2012.